Seguidores

ESPALHO POEMAS EM SEU CAMINHO COMO FLORES PARA OFERECER-LHE MAIS BELEZA

quinta-feira, 13 de fevereiro de 2014

NOSTALGIA





Lá em cima a capela
e o verde dos montes...
Aqui a vila tão bela
e a paz de um mosteiro...
Longe, um lindo horizonte,
Tingido por mil cores...
E eu me sentindo 
tão presente e inteira...
Ah, saudade que me mata
e eu nem sei o porquê
dessa nostalgia que me maltrata!
Talvez em outra vida
morei por aqui...
E, decerto, era querida,
pois sinto o calor  na alma...
Ah, terra que desconheço,
quisera um dia voltar
para teus montes contemplar 
e na capela rezar!

Um comentário:

  1. Minha querida Lu

    A saudade de nós fazem voltar no tempo de quando os sorrisos eram flores e o nosso olhar tinha o brilho da esperança.
    Um poema melancólico, mas muito belo.
    Se isto não é ser poetisa, não sei como será. Adoro tudo o que escreve e NUNCA deixe de escrever.

    Um beijinho com carinho
    Sonhadora

    ResponderExcluir

MEU LIVRO DE POESIA

MEU LIVRO DE POESIA
MEU LIVRO DE POESIA