Seguidores

ESPALHO POEMAS EM SEU CAMINHO COMO FLORES PARA OFERECER-LHE MAIS BELEZA

quarta-feira, 11 de abril de 2012

O VELHO


O VELHO

Lá vai ele caminhando,
Curvo e com o olhar no chão.
A dor o acompanha
E o cansaço no coração.

Da vida esgotado
E de tudo desiludido.
Já nada mais espera
Senão o último traslado.

A mocidade distante
Foi apenas um belo sonho.
Hoje sozinho e triste
Só enxerga o abismo medonho

3 comentários:

  1. Minha querida

    Um poema doce e terno, realmente a solidão dos mais velhos é triste.

    Um beijinho com carinho
    Sonhadora

    ResponderExcluir
  2. Querida Lú, enfim um poema
    em homengem aos da terceira idade.
    Que beleza!
    Que lindeza!
    Que visão verdadeira!
    Mas o velhinho continua na estrada, em busca
    do objeto da esperança que transcende a perspectiva do presente.

    Abraços, abraços, abraços.
    Romildo e Daniel

    ResponderExcluir

MEU LIVRO DE POESIA

MEU LIVRO DE POESIA
MEU LIVRO DE POESIA