Seguidores

ESPALHO POEMAS EM SEU CAMINHO COMO FLORES PARA OFERECER-LHE MAIS BELEZA

quinta-feira, 25 de junho de 2015

SEM TROMBETAS...


Em corrilhos,
O tempo e o vento
Conspiram do destino
Os seus trilhos...
A terra pare 
Frutos e flores
E geme, grita e soluça...
Dos homens os amores
Levam embora
Na decidida hora
Que nos escapa
À vontade e dor...
E a vida continua
Simples e indiferente...
Passam os homens,
As civilizações e as Eras
E o minúsculo ponto do orbe
A girar persiste...


terça-feira, 23 de junho de 2015

TEMPESTADES


O vento sopra bravio,
As ondas no mar se assanham,
A tempestade se anuncia...
E, nesta espera,
O barco balança à deriva...
Também as tempestades da vida
Enchem os corações de temor
Mas, novos tempos anunciam:
Quem sabe tempos de amor?!
A Esperança e a Alegria
Dentro de nós sempre cochilam,
No doce aguardo da explosão...

terça-feira, 16 de junho de 2015

TEU AMOR...


Tu me olhavas com amor,
Deslisando a mão por meu rosto.
Beijavas minha fronte
E, lentamente, buscavas minha boca...
Exploravas meu corpo com ternura
Como se acaricia uma flor...
E quando a união perfeita acontecia,
Era um êxtase divino,
Que só aqueles que amam conhecem...
Hoje, já não te vejo o rosto,
Teus olhos já não descansam em mim
E nem sinto mais o teu calor.
Assim, sigo sozinha
Por esse longo caminho
Que ainda me separa de ti!...

sexta-feira, 12 de junho de 2015

MINHA SINA


Não sei se me escutam,
Não sei se me leem...
Ainda assim escrevo
E grito...
Porque só sei desnudar
Est'alma de mulher...
O vento sopra, 
O tempo passa,
E o punhal perpassa
Este coração sonhador.
O barco navega,
E os dias escorrem...
A morte me abraça
Em uma manhã risonha
Onde a esperança renasce
E só vive o Amor...

MEU LIVRO DE POESIA

MEU LIVRO DE POESIA
MEU LIVRO DE POESIA