Seguidores

ESPALHO POEMAS EM SEU CAMINHO COMO FLORES PARA OFERECER-LHE MAIS BELEZA

domingo, 27 de setembro de 2015

MINHA POESIA


Sabor de terra e pedra
Resvalando por caminhos de dor...
Flor brotando no deserto,
Caminhos feitos de amor...

Noite escura que precede a aurora,
Vento frio que anuncia tempestade,
Pássaro que pia marcando as horas
Horas de tormento e alegria...

Este caminhante triste,
Carregando a dor da humanidade,
Este ser que a esperança anuncia,
Este arauto é a minha poesia!...


quinta-feira, 17 de setembro de 2015

DESILUSÃO


Toda dor humana fez morada em mim
E ando por caminhos sem ternura
Encontrando nos corações a secura
De um deserto sem fim...

Onde a luz, a bondade e o amor?
Os homens têm corações de pedra
E só vejo a hipocrisia
Onde a ambição medra...

Mil anos de solidão
E abismos de incompreensão
No coração um soluço de vida
E um gemer de esperança...

Só em Deus encontro o conforto
Para a dor de tanta desilusão.
Deus é o colo amigo
Onde curo o coração partido.

segunda-feira, 7 de setembro de 2015

TRISTEZA NO SERTÃO


Calor que dá moleza,
Secura que dá tristeza...
Nada de chuva no sertão...

Faces desanimadas,
Fé no coração.
Esperança renovada
De cheiro de terra molhada...

O vento sopra quente
E a moça do Tempo
Nada fala de correntes
Que tragam a chuva desejada...

Terra ressecada,
Plantas e criações morrendo,
Tudo fenecendo,
Tristeza no coração...
É a vida do sertão!...

MEU LIVRO DE POESIA

MEU LIVRO DE POESIA
MEU LIVRO DE POESIA