Seguidores

ESPALHO POEMAS EM SEU CAMINHO COMO FLORES PARA OFERECER-LHE MAIS BELEZA

segunda-feira, 7 de setembro de 2015

TRISTEZA NO SERTÃO


Calor que dá moleza,
Secura que dá tristeza...
Nada de chuva no sertão...

Faces desanimadas,
Fé no coração.
Esperança renovada
De cheiro de terra molhada...

O vento sopra quente
E a moça do Tempo
Nada fala de correntes
Que tragam a chuva desejada...

Terra ressecada,
Plantas e criações morrendo,
Tudo fenecendo,
Tristeza no coração...
É a vida do sertão!...

2 comentários:

  1. Nossa que lindo!!Encantada também com tua poesia Lu, tudo lindo demais...Parabéns!!Beijãoo querida...Muita inspiração!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sônia, fiquei muito honrada com sua visita ao meu blog! Obrigada pelo comentário incentivador! Bjs,
      Maria Luiza

      Excluir

MEU LIVRO DE POESIA

MEU LIVRO DE POESIA
MEU LIVRO DE POESIA