Seguidores

ESPALHO POEMAS EM SEU CAMINHO COMO FLORES PARA OFERECER-LHE MAIS BELEZA

quarta-feira, 9 de março de 2016

LOUCURA DA CRIAÇÃO



Musa que me visita.
Em noites de desencanto,
Serás apenas o delírio
De um psiquismo doente?
Tu que despertas em mim
Emoções sempre novas
E me descortinas
Horizontes nunca vistos;
Tu que és os óculos coloridos
Através do qual eu vejo a vida;
Tu que és amor, saudade e pranto,
Serás apenas o produto
De um elemento da mente
Semelhante à mescalina?
Acaso não serei nada, nem ninguém,
Senão sangue, nervos e pó?
Não terei em mim uma alma,
Que anseia, ama e lamenta,
Que é o sopro do Criador?
Ou não existe Deus nem nada
E não serei poeta,
Mas apenas louca?!...



quarta-feira, 2 de março de 2016

CADEIAS


Não vês que teus desejos
são cadeias que te prendem
ao chão?
Não vês que teus sonhos
todos hão de dissipar-se
quando a sombra da morte
rondar teu caminho?
Não vês que as traças
hão de roer teus vis tesouros?
E que terás que deixar 
para os vermes
a tua carcaça?
Não vês que o único bem
vive na terra fecunda
de teu coração?
E que cativo
jamais poderás voar
rumo às estrelas?

MEU LIVRO DE POESIA

MEU LIVRO DE POESIA
MEU LIVRO DE POESIA