Seguidores

ESPALHO POEMAS EM SEU CAMINHO COMO FLORES PARA OFERECER-LHE MAIS BELEZA

domingo, 25 de novembro de 2012

ANJO DA GUARDA





Não te prendas à minha aparência
Eu sou luz
Não me busques no espaço-tempo
Sou do infinito
E lá não existem limites.
Venho das estrelas
E só podes conhecer-me
No teu coração.
Meu abraço é de Amor,
O Amor que tudo pode.
Sou teu mestre e companheiro
De jornadas sem fim.
Tu me chamas de Anjo da Guarda
E orientar-te é minha missão.
Caminhamos lado a lado
Nesta viagem terrena.
Escuta tua alma
Que poderás, então, ouvir-me.
E seguir, com alegria,
O caminho de volta ao Pai.



Nenhum comentário:

Postar um comentário

MEU LIVRO DE POESIA

MEU LIVRO DE POESIA
MEU LIVRO DE POESIA