Seguidores

ESPALHO POEMAS EM SEU CAMINHO COMO FLORES PARA OFERECER-LHE MAIS BELEZA

sábado, 12 de outubro de 2013

DE VOLTA...




Amigos e irmãos:
Depois de uma prolongada ausência, em vista do falecimento de minha mãe e muitos dias de hospital, pouco a pouco, volto às atividades.
Grata pela paciência e pelas orações de todos.
Maria Luiza

MÃEZINHA QUERIDA

Mãezinha querida,
Recolhe meu pranto,
Transmuta-o em canto,
Uma bela canção de amor
A expressar o tamanho de minha dor!

Volta, mamãe,

Embala tua filha,
Criança no coração
E doída na solidão!
Nas noites de luar
Ponho-me, agora, a chorar,
Sentindo a ausência de tua mão.

Vem, mãezinha ,

Transforma essa dor,
Essa dolorosa saudade
Em uma linda canção!
Transforma esse pranto
Em puro encanto
A traduzir tua vida
De plena festa...

Tua filha sofrida

Te pede um instante
De doce encontro
Para sentir teu carinho
E teu terno abraço!

Preciso de colo,

Mãezinha querida,
Para ter teu consolo...
Tu foste escolhida
Para me guiar na caminho...
Vem, mãezinha,
Mostra-me o Norte
Pra que eu não fique tão perdida...
Devolve-me, mãe, a alegria da vida!

MARIA LUIZA

MEU LIVRO DE POESIA

MEU LIVRO DE POESIA
MEU LIVRO DE POESIA