Seguidores

ESPALHO POEMAS EM SEU CAMINHO COMO FLORES PARA OFERECER-LHE MAIS BELEZA

terça-feira, 11 de fevereiro de 2014

MEUS VERSOS



Os versos que eu faço
vêm do meu coração.
São um clamor,  um gemido
ou uma declaração...
Declaração que pode
ser de amor,
de deslumbramento
ou de dor...
Mas, quem há de entender os poetas?
Eles andam na vida perdidos
e sem direção...
Guardam tristezas secretas
e doces canções...
Em noites de luar,
choram lágrimas de emoção;
conversam com estrelas
e escutam  a dor de quem agoniza... 
As almas dos poetas, 
que gemem com o vento
e choram sem razão...
São delicadas como violetas
e só podem ser compreendidas
por outras almas
de  quem também é poeta!...

Nenhum comentário:

Postar um comentário

MEU LIVRO DE POESIA

MEU LIVRO DE POESIA
MEU LIVRO DE POESIA