Seguidores

ESPALHO POEMAS EM SEU CAMINHO COMO FLORES PARA OFERECER-LHE MAIS BELEZA

sábado, 26 de maio de 2012


VOU-ME EMBORA...



Vou-me embora, vou-me embora
Vou pra Biribiri,
Onde o céu encontra a serra
Num abraço espetacular.
E os amigos que tenho aqui
Também terei lá...
Biribiri é o paraíso na terra,
“Seu moço, ainda não lhe contaram?!”
Minha Montes Claros já não há
E minha história está a terminar...
Vou-me abraçar às árvores,
Escutando o canto das águas
E os sussurros da mata...
Vou em busca da paz,
Que haverá de embalar meus dias.
Vou em busca do amor eterno,
Que da vida foi sempre minha canção...
Vou dançar com o cerrado,
Beleza pura do sertão.
Vou contemplar o Espinhaço
E ver a face de meu Pai.
Vou andar pelas matas
Entre “sabonetes de soldado”,
Orquídeas maravilhosas,
sempre-vivas de todo tipo
E mil outras singelas flores.
Vou ouvir “vesperatas”
E respirar somente Arte...
Vou viver lá pertinho do céu...


Um comentário:

  1. Lú, o seu bucolismo além de singelo, me toca profundamente.
    seu irmão e amigo Romildão

    ResponderExcluir

MEU LIVRO DE POESIA

MEU LIVRO DE POESIA
MEU LIVRO DE POESIA