Seguidores

ESPALHO POEMAS EM SEU CAMINHO COMO FLORES PARA OFERECER-LHE MAIS BELEZA

terça-feira, 17 de fevereiro de 2015

LIBERTAÇÃO



Como pássaro ferido
O poeta voou...
Voou em busca do Amor
Que sempre anelou.
E lá ele decerto encontrou
Aquele que sempre abraça
Os filhos queridos
Que ao Lar retornam.
O poeta nos deixou
E a dor de sua ausência
Sempre haverá de doer,
Mas, seu perfume ficou!...
E sua chama de pureza
Entre nós haverá sempre de arder!

Em memória de José Geraldo Mendonça Júnior


Nenhum comentário:

Postar um comentário

MEU LIVRO DE POESIA

MEU LIVRO DE POESIA
MEU LIVRO DE POESIA