Seguidores

ESPALHO POEMAS EM SEU CAMINHO COMO FLORES PARA OFERECER-LHE MAIS BELEZA

segunda-feira, 17 de novembro de 2014

DOENÇA DA ALMA!


Sofro de doenças incuráveis
Mal das lonjuras
E da dor da saudade
Ah, mal eterno de amor!
Sofro da doença da ternura
Compaixão das dores alheias
Sofro pelo mal da fome
Pelo mal das guerras
Pelo mal da terra...
Sofro por contemplar o mar
E pensar na incompreensão do infinito
Ah, eu sofro sim
E não conheço cura nem fim!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

MEU LIVRO DE POESIA

MEU LIVRO DE POESIA
MEU LIVRO DE POESIA