Seguidores

ESPALHO POEMAS EM SEU CAMINHO COMO FLORES PARA OFERECER-LHE MAIS BELEZA

terça-feira, 2 de outubro de 2012

O DIA DA COLHEITA

Abolição?...
Que mentira é esta
quando por todo lado,
 todo país, todo lar,
toda nação, 
ainda reina
e ronda 
a peste da escravidão?
A noite é densa
e eterna
e a dor fere
e rasga a carne...
E os príncipes da Corte
dançam e cantam
sem se deixar tocar
pela dor dos infelizes,
dos fracos,
dos injustiçados...
Riem o riso insano
da insensibilidade
diante da miséria,
do desalento,
da desesperança,
da desnutrição...
Mas, eis que, um dia,
haverá de chegar o momento
e, então,
pegaremos na foice
e ceifaremos
pois a seara da Terra
 estará pronta...

Nenhum comentário:

Postar um comentário

MEU LIVRO DE POESIA

MEU LIVRO DE POESIA
MEU LIVRO DE POESIA