Seguidores

ESPALHO POEMAS EM SEU CAMINHO COMO FLORES PARA OFERECER-LHE MAIS BELEZA

segunda-feira, 30 de março de 2015

A DOR DA SAUDADE



Humana que sou,
Caminho, às vezes, desnorteada,
Consumida pela dor...
Sentindo a dura ausência
Dos seres amados...
A dor da saudade
É dor que maltrata, 
É, no fundo da taça, o fel
Que engolimos sem piedade.
Será vã a esperança
Do reencontro?...
Ou será o alento de nossa alma?...

Nenhum comentário:

Postar um comentário

MEU LIVRO DE POESIA

MEU LIVRO DE POESIA
MEU LIVRO DE POESIA