Seguidores

ESPALHO POEMAS EM SEU CAMINHO COMO FLORES PARA OFERECER-LHE MAIS BELEZA

domingo, 6 de julho de 2014

AMOR ETERNO






Quando já não me vires sorrir.
quando, nunca mais, meus olhos
puderem descansar nos teus:
quando tua boca ardente
já não encontrar meus lábios...
Quando teu coração
já não puder achar alento
em meu peito...
Quando eu jazer na terra fria,
não chores, meu amor, não chores!
o que tenho dentro d'alma
não pode morrer
como morre a flor,
como morre o verme,
como morre o homem!
Quando também teu corpo
voltar à terra,
quando o planeta
tiver seu eixo deslocado,
quando, outra vez,
voltar a ser átomos soltos,
quando as estrelas vagarem,
sem rumo,
pelo etéreo,
e quando tudo,
num caos louco,
puser fim ao infinito
e voltar ao seio do Criador,
ainda te amarei!...

Nenhum comentário:

Postar um comentário

MEU LIVRO DE POESIA

MEU LIVRO DE POESIA
MEU LIVRO DE POESIA