Seguidores

ESPALHO POEMAS EM SEU CAMINHO COMO FLORES PARA OFERECER-LHE MAIS BELEZA

quinta-feira, 29 de dezembro de 2011

AS FLORES HAVERÃO DE VOLTAR...



Dias nublados
Dias de chuva,
Dias de sol,
Noites frias,
Noites de dor,
Noites de sonhos...
Coração acelerado
Respiração sufocada
Lágrimas derramadas
Na noite estrelada
A saudade minando
Minha vida
Sem primaveras
Quem sabe desta dor
Que a face tão bem esconde?...
Tu, porém, onde estiveres,
Percebes meus passos
Que te seguem em ânsia profunda...
Pressentes ao teu lado
A presença invisível
Deste amor que não morre...
E um dia, eu sei,
Haverás de lembrar-te
Do tempo de devaneios
Em que juntos projetamos
Um futuro que não veio...
Haverás de voltar, eu sei,
Porque sabes que ninguém
Te amou como eu...
Segredos guardados
Em minh’alma soterrados
Só a ti poderão ser revelados
E só então
Haverá flores em meu coração...

Um comentário:

  1. Seus poemas são belíssimos! Cheios de lirismo, ritmo, musicalidade... Amei também essa pintura na tela "Poesias da Lu". Esta frase então, hummm: "ESPALHO POEMAS EM SEU CAMINHO COMO FLORES PARA OFERECER-LHE MAIS BELEZA". Pessoas que espalham flores pelo caminho merecem muitas bênçãos, pois os corações humanos andam endurecidos, precisando de quem lhes ofereça esse carinho. Grande e afetuoso abraço. Que 2012 seja um ano muito abençoado para você e sua família.

    ResponderExcluir

MEU LIVRO DE POESIA

MEU LIVRO DE POESIA
MEU LIVRO DE POESIA